O diabetes é uma das principais causas de morte no mundo. Por conta disso, é importante conhecer os fatores de risco e o que pode ser feito para prevenir ou tratar a doença, informa a Divisão Americana de Médicos.
O diabetes é uma condição crônica que pode causar complicações graves, dentre elas problemas cardíacos, derrame, pressão arterial alta, cegueira, falência renal e danos ao sistema nervoso”, diz o presidente da entidade, Fred Ralston.

Os fatores de risco do diabetes tipo 2 são: ter mais de 45 anos, histórico familiar da doença, estar acima do peso, não praticar atividades físicas, ter sofrido de diabetes gestacional; ter pressão arterial alta e ter colesterol alto.

“É importante conhecer os fatores de risco e os sinais de alerta do diabetes, e também o que pode ser feito para tratar a doença”, diz o especialista.

Os sinais de alerta do diabetes são: sede ou fome excessiva, fadiga, necessidade frequente de urinar, perda de peso (sem motivo), visão turva, formigamento ou dormência nas mãos ou nos pés, infecções frequentes e recuperação lenta de ferimentos.

Um teste de sangue simples pode diagnosticar a doença. Ao ser diagnosticado com diabetes, é possível controlar a doença com educação e a adoção dos seguintes hábitos: exercícios regulares; dieta saudável rica em legumes, frutas, peixes, carnes brancas e grãos integrais, perda de peso, avaliação dos níveis de açúcar no sangue, acompanhamento médico e medicações ministradas diariamente.

Fale Conosco        (31) 4042-1441